sábado, 3 de janeiro de 2015

Cama eu compartilho, e você?



Cama compartilhada, sim nós vivemos isso!

Antes mesmo de eu ouvir o termo cama compartilhada, há 7 anos atrás eu já tinha como prática isso com a minha primeira filha. Ela tinha sim seu lindo berço americano com seu lindo jogo de berço, que só usou no máximo um mês, porque é horrível ficar levantando para ver se seu filho esta respirando (sempre fazemos isso) e acordar para as mamadas, então resolvi coloca-la na cama e deu certo, dormiu longos anos conosco e foi bom, depois foi para sua cama do lado da nossa e hoje com 7 anos ainda permanece ao nosso lado (em sua cama).
Então Bia nasceu e tinha seu mini berço (super compacto) que comprei achando que era uma coisa e foi outra (outro dia conto essa parte). Diferente da Letícia, a Beatriz era um bebê recém nascido agitado e acordava muito de madrugada, então como meu marido chegava tarde do trabalho eu deixava ela la comigo até ele chegar, depois ela ia para seu berço mas mesmo sendo quase colado na minha cama eu ainda precisava levantar e e pegá-la, o que era muito ruim por causa da cirurgia e por causa do cansaço. Não sei quanto tempo depois eu resolvi deixa-la de vez na minha cama e foi ótimo! Como ela mama em LMLD, tudo ficou muito melhor pra mim e pra ela também que dorme no aconchego da caminha da mamãe e do papai e mama quando quer. (ela acorda ainda muitas vezes a noite para mamar). Já tem 10 meses, e quando vou tirá-la da minha cama? Ainda não sei mas será no tempo certo. No tempo que nos acharmos preparadas, assim como foi com a Letícia.
É mimo? Talvez, mas eu não me importo! Eu importo mesmo com o nosso bem estar.
Não vou negar que sinto falta de privacidade sim, de ter um quarto só pra mim e meu marido e sem brinquedos e pelúcias jogadas pelo quarto, mas não será pra sempre não é? Logo elas crescerão e terão seus cantos e nós, sentiremos muita falta, então enquanto isso vou aproveitar!
O importante mesmo de se compartilhar cama e quarto é que seja um bem para todos e não somente para um. Aqui em casa, todos estamos felizes e de acordo com a essa maneira de viver, e isso nos faz sermos mais felizes. Juntinhos sempre!

E você compartilha cama? O que acha da prática?

Nenhum comentário:

Postar um comentário