Prender ou não na cadeirinha do carro?

Oi gente!

Há dias atrás eu contei minha experiência sobre o assalto em que fui vítima e alertei sobre a importância de conversarmos com nossos filhos e termos um plano de emergência.
No meu relato falo também que não prendo a Bia na cadeirinha porque tenho medo de não dá tempo de tirá-la na hora do assalto. Bem, sei que é complicado por causa de acidentes, mas infelizmente eu precisei fazer uma escolha e escolhi assim, já que o índice de acidentes é menor do que de assaltos. 
É uma triste realidade.
Houve uma pequena polêmica em relação a isso nas redes sociais. Algumas pessoas eram a favor, assim como eu de não prender o cinto, e outras achavam muito arriscado por causa dos acidentes.
Eu concordo com ambas, mas fiz minha escolha, no dia a dia não prendo, tenho medo e não suporto a ideia de não consegui tira-la na hora do assalto, e por experiência, ela estando solta no momento em
que fui assaltada, facilitou demais tirá-la com rapidez.

O que vocês acham sobre o assunto?
Deixe aqui seu comentário!

Abraços,

Carol

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fui Assaltada com as crianças.

Ânimo para um novo ano (Devocional 02/01/17) - #002

Feriado de carnaval em Cabo Frio