quinta-feira, 6 de junho de 2019

Introdução alimentar, qual o melhor método?

Oi gente!
Tudo bem?

Hoje quero falar sobre a introdução alimentar.
Quem me acompanha no instagram (@carolmaede3)  sabe que a Manu faz o método BLW e introdução PartipAtiva

Inicialmente eu fiz a introdução tradicional e apesar de já ter feito o método com a Bia, eu achava a Manu tão pequena e fiquei insegura, mas logo ela demonstrou interesse por segurar os alimentos e foi natural para ela, fazer o método.

Hoje ainda com 1 ano e quase 4 meses ela, é super independente em relação a comida e já usa colher para se alimentar.

Além da autonomia, o método nos proporciona na maioria das vezes, uma alimentação em família, porque nossa caçula consegue se auto alimentar.

Não estou aqui para convencer ninguém de que esse é o melhor método mas passar minha experiência e também para dizer que a informação e o aprendizado que obtive foi enriquecedor para entender o processo de introdução alimentar e o que ela representa na vida das pessoas.

Quem se interessar em saber mais sobre o assunto e indico muito o curso online que fiz  Curso Avançado de BLW
Vale muito a pena!

Bem, acho que é isso, mas se quiserem saber alguma coisa relacionado a minha experiência, é só
deixar aqui nos comentários.


Beijinhos,

Carol

segunda-feira, 20 de maio de 2019

Shampoo e Condicionador Tralala Kids

Esses dois produtos ganharam meu coração. 
Shampoo e condicionador Tralala Baby.
Estava ansiosa para testar desde que vi anunciando, pois já uso na Bia produtos da marca e gosto muito.
Comprei a linha para cabelos cacheados.
Vou começar falando do cheiro maravilhoso que eles tem, não só isso mas ele deixam a cabeça cheirosa por um bom tempo, e mesmo a Manu, que transpira bastante  na hora que está mamando, o cheiro se mantém.
Shampoo limpa bem, e mesmo em pouca quantidade faz bastante espuma, mas de fácil enxágue. Não ressecou o cabelo da Manu e isso pra mim foi máximo. Sua formulação contem aloe vera por isso hidrata os cabelos.
O condicionador foi um dos melhores que já usei nela, devido a maneira com condiciona. Um pouco do produto já é suficiente para sentir o cabelo desmaiar, sem falar na embalagem que é muito funcional com a tampa em válvula pump.
Eu amei demais.
O preço esta em torno de R$ 8,00 cada e para mim esta dentro do padrão.

Já usaram?
O que acharam?

Pomada Pompom

Ganhei algumas amostras dessa pomada contra assaduras e desde então estou usando para para trazer aqui minha resenha.
Eu gostei bastante, tem uma boa consistência, fácil de espalhar, cheiro agradável e fácil também a retirada dos resíduos.
Preveniu bem contra as assaduras e isso é o principal, não é?
A embalagem eu não sei como é pois a que tenho é de amostra grátis.
O valor eu pesquisei e achei uma variação entre R$12,00 a R$19,00, sendo o menor preço razoável ao meu ver.
Ela cumpre seu papel e tem um preço na média e se me perguntassem se compraria, eu diria sim, se achasse promoção para pagar um preço justo.

E aí?! Já usou por aí? O que achou?

Siga-me no instagram: @carolmaede3

terça-feira, 12 de março de 2019

Meningite, os principais sintomas. Fique atento!


Após a morte por meningite, do neto do ex presidente Lula houve a necessidade de um alerta para os sintomas da doença.



Os principais sintomas: Febre alta; dor de cabeça; rigidez no pescoço; náusea; vômito; falta de apetite; irritabilidade; sonolência ou dificuldade para acordar do sono; letargia (falta de energia); fotofobia (aumento da sensibilidade à luz). Em recém-nascidos e bebês, alguns dos sintomas descritos acima podem estar ausentes ou difíceis de serem percebidos. O bebê pode ficar irritado, vomitar, alimentar-se mal ou parecer letárgico (falta de energia) ou irresponsivo a estimulos. Também podem apresentar a fontanela (moleira) protuberante ou reflexos anormais.


Leve imediatamente ao hospital mais próximo e não deixe de vacinar seus filhos.


As vacinas básicas contra meningite C acontecem nos meses 2, 5 e 12 meses.

segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019

Resenha Lenço umedecido Looney Tunes


Vamos de resenha?!

Mais um produto da cartafabril.
O lenço umedecido da looney tunes é tão bom quanto a fralda.
Não contém álcool etílico e é testado dermatologicamente.
Contém 48 lenços no pacote que tem tampa e já falei aqui que é para mim faz toda a diferença a tampa. (Evita desperdício) 
Sua composição contém Aloe Vera e Vitamina E, que deixa suaves os lencinhos.
Eles tem um cheirinho suave, bem gostoso, mas por ter cheiro, deve ter cuidado com as crianças alérgicas, aqui tudo bem com cheiro, mas nem todo bebe, pode né?! Então fica alerta!
São úmidos na medida certa e limpam bem, mas fazem uma leve espuma, que na minha opinião não incomoda.
A toalhinha tem o tamanho de 19x16cm e estica sem despedaçar.
Eu gosto muito desses lenços e recomendo!

O valor está na faixa de R$7,90 e tem um preço razoável por contar que é um bom produto e tem uma embalagem boa, com tampa.

Minha nota para esse lenço é 9

Você conhece esse lenço?
Gosta dele?

Me conta aqui o que quer me ver resenhando?

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Um filme que merece ser visto

Minha filha do meio tem 4 anos e somente agora ela começou a se interessar em assistir filmes. Antes, eles não prendiam sua atenção.
Agora com seu interesse por filmes andei revendo filmes antigos e tem sido muito bom.
Ela tem descoberto histórias e está curtindo esse mundo da fantasia que é típico e saudável para sua idade.
Essa semana assistimos Toy Story.
Difícil quem não conhece os personagens, e a história, mas vou falar mesmo assim e anote aí na sua lista de filmes para ver ou rever nessas férias, porque ele é um clássico Disney e vale muito a pena ver, porque tem uma mensagem bem legal, por trás da animação.
Os brinquedos tem uma vida paralela longe dos seus donos e tudo o que eles querem é serem valorizados. Essa é a mensagem principal do filme: a valorização dos brinquedos. 
É muito importante as crianças darem valor aos seus brinquedos e esse filme retrata isso.
A Bia amou!
Vale a pena ver e rever!! 

Ahh... Tem na netflix 
Quais filmes para família vocês me indicam??

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Tudo sobre amamentação e volta ao trabalho

Umas das coisas mais difíceis para a mãe e parar de amamentar ou deixar de fazer em livre demanda.
Já contei aqui mas não amamentei a Lele (por um pouco mais de 1 mês) e com a Bia amamentei até 3 anos. Ainda sim, mesmo sendo amamentação prolongada e desmame natural, foi estranho quando acabou essa fase.
Ouço muitos relatos de mães que sofrem bastante quando precisam voltar ao trabalho e ainda amamentam. 
Não posso dizer que sei o que é, porque nunca precisei fazer isso, mas eu consigo imaginar como deve ser difícil.
E o que fazer? 
Se preparar é o melhor caminho. Ter uma rede de apoio é essencial e a A Consultora Internacional em Amamentação Isa Crivellaro aborda em seu e-book como se preparar para esse momento.
Vale a pena conferir e obter informações importantes para chegada desse momento. 
Qual sua experiência em relação a esse período? Me conta aqui nos comentários.
Beijos,
Carol

sábado, 18 de agosto de 2018

Diário do bebê - 6meses


Oi gente!)
Como estão?!
Hoje vou falar sobre o desenvolvimento da Manu até agora.
Bem, o tempo voa e a minha pequena já tem 6 meses. Ei tempo, vá devagar!!!
Quanto a parte motora Manu já fica sentada sem apoio, mas não se senta sozinha, temos que colocá-la na posição.
Pega tudo, tudo mesmo, que está ao seu alcance. Fico boba que até objetos pesados para ela, consegue pegar, e nem preciso dizer que tudo vai parar na boca e por isso precisamos ficar de olho e sempre instruindo a Bia sobre objetos pequenos perto dela.
Ela ainda não suporta ficar de bruços, mas sempre a coloco pra estimular e fortalecer o tônus muscular. Mas só um pouquinho para não estressar.
Em termos de personalidade ela continua sendo calma, mas agora demonstra mais a características de ser dengosinha. É fofa!
Sabe qual brinquedo escolher e sabe chamar atenção. Faz barulhos para que nós a olhemos.
De manhã sabe acordar o pai ou a mim. Estica as mãozinhas e faz barulhos como se estivesse nós chamando.
Fica super serelepe ao ver as irmãs e sorri sempre ao ver o nosso cachorrinho Pipoca.
Chora até se eu me levantar para ir ao banheiro. Sua visão de paraíso é a mamãe.
Mamou exclusivamente o peitinho da mamãe até os 6 meses e agora já toma papa de frutas e almoça legumes e carnes amassados, mas ainda não tá super fã da comida não. 
Já iniciamos o BLW com o pêra e ela gostou, ainda sim prefere o mamá. Rs...
Dorme bem pouco durante o dia mas dorme bem a noite, salvo nos períodos de pico/salto.
Essa semana notei que já consegue passar um objeto de uma mão para outra.
Ama tomar banho e detesta colocar roupas.
Sempre sorri! 
Não suporta ficar muito tempo no carrinho e por dormir pouco de dia, fica difícil fazer as coisas em casa.
Tem quase 7kg e 61cm, tem um olhar expressivo e é  bem curiosa.
Eu estou curtindo muito todos os momentos e registrando tudo com fotos e vídeos.
Há 6 meses somos mais felizes nessa casa.

Volto logo!!! Beijos




segunda-feira, 9 de julho de 2018

Como foi amamentar dessa vez?

Oi gente!

Hoje venho contar sobre como foi a amamentação dessa vez. (terceira vez)
Na maternidade o primeiro dia foi bem tranquilo, conseguimos a pega correta, e Manu mamava bem, mas no segundo começou a doer. Meu seio rachou e sangrou, mas eu tinha a concha e ganhei uma pomada na maternidade chamada Millar e imediatamente comecei a usar, e ajudou muito na recuperação.
A pega era correta, mas o seio fica realmente sensível e até criar um "calo", acaba assando mesmo, e rachando. Não acontece com todas, mas com muitas, talvez com a maioria.
Quando cicatrizou, não aconteceu mais e amamentar passou a ser prazeroso mais uma vez.
Com essa pomada e com a concha eu não sofri como das outras vezes, meus seios cicatrizaram logo, não lembro com exatidão, mas não deve ter passado de 2 semanas. 
Por isso recomendo a pomada (não sei o valor, pois ganhei uma amostra e espremi até não dá mais, rsrs...) e a concha. A minha foi da marca Lolly, mas a da marca Amamente era melhor quando usei na época da Bia.
Hoje a Manu esta com 5 meses e continua mamando exclusivamente e em livre demanda.

E você como esta sendo sua experiência?

Me dê sugestões do que quer eu escreva por aqui.

Abraços

Carol

terça-feira, 19 de junho de 2018

Porque os bebês colocam tanto as mãos na boca? (fase oral)


Manuela descobriu as mãos e agora elas não param mais fora da boca, aliás ela consegue agarrar objetos e vai diretamente para boca.
Isso é normal, mas nem todos sabem e ficam reprimindo as mãos na boca, com medo do hábito de chupar de dedo.

De 0 a 18 meses os bebês estão na fase oral das fases psicossexuais,  
reveladas por Freud e é um período muito importante para o desenvolvimento bebê.
É através da boca que o bebê descobre o mundo. É através dela que que ele faz novas descobertas, através de texturas e gostos.
A boca, desde que nasceu, foi sua fonte de sobrevivência, seja na alimentação ou pelo choro. A boca é seu grande aliado.
Segundo Freud, essa fase deve progredir naturalmente para que o indivíduo não se fixe nela. Uma pessoa fixada na fase oral pode ser um adulto mais dependente e que busque estímulo oral através da bebida, fumo ou comida.
Respeitar a fase oral é muito importante e não é bom que se reprima esse momento.
Deixe seu bebê explorar o mundo através da boca e tenha apenas o cuidado de deixar brinquedos seguros e bem limpos por perto.

terça-feira, 20 de março de 2018

E ai rolou ciúmes?

A parte mais difícil para mim em relação a minha nova maternidade foi precisar lidar com tamanho ciúmes que a Bia teve/tem.
A Lele não teve ciúmes, a Lele é uma criança especial, vocês não tem noção.
Já a Bia é uma menina extremamente ciumenta por natureza e também muito competitiva e rolou ciúmes sim. E eu to aprendendo a lidar com isso, e me arrancou muitos choros e tem me feito orar muito a respeito...
Vou começar pelo começo, rs...
É de se entender que a caçulinha da casa, perdeu seu posto e ta sentindo isso, mas eu não pensei, de verdade, que a mudança de comportamento seria tão "gritante" assim.
A começar ela nunca dormiu longe de mim de repente precisou fazer isso, e isso mudou tudo dentro dela... acho que ela se sentiu abandonada, porque já quando voltou para me buscar dois dias depois, ela era outra criança.
Não queria saber de mim, somente da irmãzinha que nasceu.
Ela me desprezou e me maltratou demais.
Fora o comportamento ficou péssimo, tudo que ela pudesse fazer de errado ela fazia, gritava para acordar a irmã, batia sem motivos na Lele, malcriação era o tempo todo e todo o tipo de teimosia exista. Foi bem difícil ter paciência, muitas vezes não tive. Afinal de contas ainda tinha o turbilhão de sentimentos e cansaço que é o puerpério, chorei, muitas vezes! O dias vão passando e as coisas vão se ajeitando, porque afinal a essência do que foi e é ensinado esta ali, tudo isso era uma forma de extravasar sua dor. Até que um dia tudo mudou depois de uma conversa em que ela me relatou que chorou por dormi no hospital, porque sentiu saudades e tinha medo de eu precisar voltar.
Ela só tem 4 anos, e aquela dor de se sentir abandonada, foi ruim pra ela, pra dizer a verdade, foi terrível. A mamãe dela que dormia agarrada até aquele dia, foi para o hospital, ficou dois dias longe e voltou com outro bebê, e por mais que tivéssemos conversado a respeito, ela não se sentia preparada, ela não sabia o que era tudo aquilo, mas como eu disse, depois dessa conversa em que ela pode externalizar o que sentia, as coisas foram fluindo melhor e meu estado de turbulência hormonal foi melhorando, e nós duas fomos nos perdoando, porque essa é bem verdade, do mesmo modo em que ela se sentiu traída, eu também me senti, é difícil de admitir, mas aquelas atitudes dela me deixou perplexa, triste e até mesmo revoltada.
Talvez, você não entenda esse meu sentimento, mas foi exatamente isso que aconteceu. Não me julguem porque não é voluntário e lutei e orei por tudo isso que aconteceu dentro de mim. Passou, somos amigas, agarradas e mais unidas que nunca! Porém ela ainda ta em processo, tudo é muito novo para ela, não poder gritar, fazer barulhos... é tudo diferente. A mãe dela nem sempre pode levantar e fazer o que ela quer, porque esta amamentando. Então ela ainda esta processando, mas já melhorou muito, eu também tenho me esforçado para ter um tempo com ela, e para fazer dos dias dela mais leve, porque esse inicio com bebê pequeno é tenso, quem é mãe, sabe o que digo.
Bem, foi isso, o que tinha para falar sobre esse início em relação a Bia, volto logo mais com novidades!

Me contem como foi com vocês!
Me ajudem sempre em oração!

Beijos,

Carol


sexta-feira, 2 de março de 2018

Manuela nasceu e aconteceu um milagre na minha gestação

Minha terceira filha nasceu no dia 14/02/2018, foi uma alegria ainda maior para nossa família, veio através de cesariana e eu aproveitei  e liguei as trompas (rs). Agora sou oficialmente mãe de três, sem correr riscos de ser mãe de quatro, rsrsrs...
Assim como as outras foi um momento único e feliz, mas ainda mais por se tratar de um milagre!
O milagre se deu através da oração, pedi e o Senhor me concedeu por pura Graça.
Nas minhas outras gestações eu precisei fazer cerclagem (costurar o colo para o bebê não nascer prematuro) e tudo se presumia que nessa eu também que teria que fazer, mas não foi necessário, porque Deus não quis, porque Deus me curou!
Partindo do início, de acordo com minha médica (que é uma médica muito competente), iríamos monitorar (assim como foi com a Bia), mas já íamos deixar o pedido de internação pronto, para marcarmos assim que precisasse a cerclagem. Só que tivemos alguns contratempos com o plano de saúde que não estava autorizando para o hospital que queríamos, logo isso me angustiou e foi aí que comecei a orar para que Deus realizasse um milagre e eu não precisasse fazer a cirurgia, porque além de tudo isso, ainda tinha as crianças. Eu teria que me internar, ficar de repouso e não queria, pois queria continuar cuidando delas.
Deus realizou o milagre, ele ouviu minha oração! Ele sabia da minha angustia, sabia o quanto eu precisava cuidar dos meus e por misericórdia e graça me concedeu.
Fizemos o primeiro monitoramento e meu útero estava perfeito e assim foi todos os meses até o fim!
Não abusei, mas não fiz repouso, todo o trabalho domestico foi feito por mim até o final!!
Tive uma gravidez perfeita sem nenhuma complicação e toda vez que ficava tensa (geralmente perto de fazer o exame), o Senhor falava em meu coração que Ele tinha me curado e o que Ele fazia era perfeito.
Fui descrente várias vezes achando que no próximo mês aconteceria alguma coisa, mas Deus sempre falava a mesma coisa: eu fiz a obra completa!
E verdadeiramente fez! Ainda que humana e sem fé, Ele continuou sendo fiel a Palavra que tinha me dado: Farei a obra completa!
Manuela nasceu já com 40 semanas, perfeita, com uma equipe médica maravilhosa e humanizada, fechei a fábrica e estou extremamente grata ao Senhor por tão maravilhoso feito em minha vida!
Glorificado seja o Nome de Jesus!
O Senhor é bom!

Ps. Ouvi diversas vezes, por diversas pessoas, bem próximas inclusive que achava que a Manuela nasceria antes do tempo, não aceitei nenhuma dessas palavras (sem sabedoria) e Deus foi fiel!










segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

O que estou lendo + minhas metas literárias para 2018

Oi gente!!

Hoje estou aqui para escrever sobre minhas metas literárias e sobre o que estou lendo no momento.
Iniciei a leitura de 2018 com um livro maravilhoso chamado "Favor Imerecido", de Joseph Prince. Ele fala da graça de Deus de uma maneira tão simples e tão maravilhosa que tem me deixado mais encantada do que nunca. Ainda estou lendo e por isso quando eu  terminar volto para fazer um resumo. Conhecem o livro e o autor? Me contem o que acharam?!
Em paralelo a leitura desse livro estou lendo a Bíblia em um plano de leitura anual em um aplicativo no meu smartphone (Android), chamado Bíblia JFA offline, minha versão é a King James. Não estou fazendo a risca porque lendo também a epístola de 2 Coríntios, mas esta sendo ótimo me guiar por ali e estou quase junto com o plano. Em resumo estou lendo o livro do Prince, os livros de Êxodo e 2 Coríntios, na Bíblia.
Sobre as metas literárias é o seguinte... há anos me proponho um número de x de livros e não consigo chegar nem na metade do que estipulei e por isso esse ano não quis estipular nenhum número. A meta é ler o máximo que eu puder... mudar hábitos e ler muito, mas sem pressão, sem criar nenhuma expectativa irei ler no meu tempo.
Quero ler a Bíblia toda esse ano, se der e vamos ver no que vai dá.
Vou dando notícias!!

Esse mês por exemplo já terminei o livro de Gênesis, mas eu volto para post só sobre isso!

Abraços

Carol